Saúde e Inovação: Tecnologia da Informação para Hospitais

Com o “boom” da transformação digital, novas tecnologias como a computação em nuvem, internet das coisas (IoT) e o Big Data começaram a fazer parte do ambiente corporativo.

Mas, a inovação tecnológica não se limitou ao universo institucional e se tornou uma ferramenta também na área da saúde, mais especificamente nos hospitais.

A tecnologia da comunicação hospitalar surgiu para promover melhorias na qualidade de serviço e assistência, além de reduzir custos e elevar as práticas de gestão. A inclusão de equipamentos tecnológicos em conjunto com descobertas científicas traz avanços e melhorias no tratamento de doenças.

A utilização de computadores, tablets e smartphones é uma realidade.  Ferramentas de redes de telecomunicações e infraestrutura tecnológica contribuem para otimizar o trabalho, na tomada de decisões estratégicas e beneficiam a segurança da informação.

Com a adoção da computação em nuvem, por exemplo, todos os colaboradores de uma unidade hospitalar, incluindo médicos e a equipe de enfermagem, ganham mais mobilidade para acessar os sistemas e prontuários por meio de dispositivos conectados à Internet.

Quando um hospital está equipado tecnologicamente, pode contribuir para que ele seja melhor administrado, já que possibilita a integração de todas as áreas: administração, equipe médica, enfermagem e equipe técnica.

A área de TI pode ser muito útil, até mesmo considerado essencial, para apoio à gestão em saúde até em relação aos aspectos mais especializados da assistência, como na visibilidade, armazenamento e distribuição de exames.

Os aspectos gerais relacionados à gestão e administração dos hospitais nunca foram tão estratégicos como nos dias de hoje. Investir em tecnologia da informação é olhar também para os resultados como negócio.

Com a tecnologia, os gestores conseguem planejar melhor as ações, definir indicadores, traçar objetivos, além de melhorar o serviço que está sendo entregue para o paciente.

Quais são as tecnologias inovadoras utilizadas pelo setor hospitalar?

Entre as ferramentas tecnológicas que são importantes para realizar a gestão hospitalar estão as plataformas de comunicação, os softwares, os aplicativos e até mesmo as soluções em telecom.

 Os dispositivos móveis (tablets e smartphones) já fazem parte da rotina hospitalar. Hoje, é possível contar com a ajuda destes dispositivos para adiantar um atendimento, para verificar as informações de prontuário ou, até mesmo, acessar informações remotamente em uma emergência.

Além da mobilidade em telefonia, outras tecnologias estão cada vez mais presente no universo da saúde, confira:

  • Aplicativos de saúde;
  • Armazenamento em nuvem;
  • Big Data;
  • Analytics;
  • Wearables;
  • Internet das Coisas (IoT);
  • Sistemas para a gestão hospitalar;
  • Telerradiologia;
  • Impressora 3D.

Todas essas soluções inovadoras podem ajudar uma unidade de saúde a garantir processos mais eficientes e a se manter competitiva em um mercado caracterizado pela concorrência, que é cada vez mais crescente na atualidade.

E quais são os benefícios do investimento em TI na área hospitalar?

Ao investir em uma equipe capacitada e ferramentas tecnológicas, as organizações hospitalares conseguem alguns benefícios, dentre eles, podemos destacar 15 principais:

  • Produtividade;
  • Organização em processos internos;
  • Redução de custos;
  • Diminuição de erros médicos;
  • Redução de riscos;
  • Planejamento estratégico;
  • Segurança da informação;
  • Otimização de processos;
  • Relacionamento mais próximo com o paciente;
  • Aumento da rentabilidade;
  • Qualidade na assistência;
  • Padronização de serviços;
  • Integração de departamentos;
  • Unificação na comunicação;
  • Eficiência na tomada de decisões.

Humanizar processos, aproximar o paciente

Se de um lado a gestão é extremamente importante para a saúde do negócio hospitalar, de outro, há um ponto que tem sido cada vez mais requisitado no sistema de saúde: a humanização.

E é aí que a tecnologia pode ajudar.

Ao pensarmos em migrar totalmente para a era digital, é muito comum termos uma ideia de distanciamento e menos contato humano. Porém, na prática, a utilização de novos conceitos e ferramentas tecnológicas podem contribuir para estreitar o relacionamento.

É preciso utilizar a tecnologia a nosso favor!

Um dos maiores benefícios da utilização da Tecnologia da Informação na área hospitalar, por exemplo, é a proximidade e melhora no relacionamento com o paciente.

A Tecnologia da Informação tem contribuído de forma significativa para melhorar a capacidade de diagnóstico, organizar o atendimento, ampliar os serviços e fortalecer a relação entre o médico e o paciente.

A inclusão do TI no setor hospitalar tem transformado a forma como o paciente é tratado, aumentando a segurança nos procedimentos médicos e proporcionando um atendimento mais rápido nas emergências.

É possível, ainda, garantir um atendimento personalizado ao manter um banco de dados mais focado no paciente. Com dados organizados e mais robustos, com históricos de consultas, diagnósticos e informações adicionais pertinentes.

Desta forma, a equipe médica consegue ter uma aproximação maior com o paciente e ficar por dentro do seu histórico. Isso diminui erros de diagnóstico, mantém uma relação mais humanizada, além de melhorar a tomada de decisão do profissional.

Algumas ferramentas permitem também que os pacientes possam acessar informações via Internet, fazer agendamentos online e até mesmo tirar dúvidas. Essa solução veio para revolucionar a relação paciente x unidade hospitalar.

Segurança e saúde são fundamentais

Medidas de segurança na área da saúde, principalmente no setor hospitalar, exigem ainda mais eficiência e responsabilidade. Este universo lida com vidas e, consequentemente, com informações muito particulares e confidenciais.

Imagine se acontece algum vazamento de informações de uma grande unidade hospitalar? A instituição perderia sua credibilidade, pois se não encontra formas seguras de garantir a proteção dos dados, possivelmente também não está totalmente equipada para garantir um bom atendimento para seus pacientes.

A tecnologia da informação vem ganhando cada vez mais participação na área da saúde e tem como uma de suas principais missões melhorar a segurança do paciente (e dos seus dados).

Um sistema de informação hospitalar é focado em hardware e software. E pode conter módulos dentro dos grupos funcionais: administração, gerenciamento de pacientes, aplicações médicas e sistema técnico. Tudo isso precisa estar integrado!

Ao investir na área de TI, a instituição melhora os aspectos de segurança em dois níveis

  • Segurança Patrimonial – segurança e monitoramento de ambientes, além de controle de acesso;
  • Segurança da Informação – dados dos pacientes, sejam esses cadastrais ou de prontuário médico. Desta forma, a organização atende a LGPD, lei geral de proteção de dados, que garante a segurança das informações pessoais.

Para evitar falhas e garantir a reputação da empresa, além da segurança dos dados, é importante melhorar a resiliência dos sistemas.

Alguns processos como certificar a proteção dos sistemas distribuídos, garantir a privacidade dos usuários, usar criptografia e verificar de onde surgiram os dados, podem contribuir para garantir a segurança da informação.

É essencial implementar soluções de segurança e boas práticas e, ainda, contar com um suporte capacitado. O gestor de TI precisa estar atento às normas e leis, definir políticas para o controle de acesso, além de capacitar a equipe.

Quais são as ferramentas básicas que podem ser utilizadas para manter uma rede hospitalar e os dados dos pacientes seguros?

Listamos aqui algumas destas necessidades:

  • Antivírus;
  • Firewall;
  • Antispam;
  • Criptografia;
  • Padronização de rede;
  • Proteção de redes sem fio;
  • Política de senhas e acesso.

Produtividade traz qualidade

Ao optar por soluções tecnológicas, toda a gestão hospitalar é modificada (e melhorada). A automação de processos contribui para que a rotina dos colaboradores seja mais produtiva.

A transformação digital pode trazer para a unidade de saúde um melhor desempenho e produtividade e, para a equipe clínica e pacientes, um diagnóstico mais preciso e tratamento mais eficiente.

Ao integrar as informações de diversos departamentos, por exemplo, é possível evitar erros e agilizar o atendimento. O que parece ser uma coisa simples, em um ambiente como um hospital, pode ser decisivo para salvar vidas.

Consequentemente, a utilização de ferramentas aumenta a qualidade do atendimento e a perspectiva do usuário.

O tempo é raro, assim como a vida. Ao chegar ao hospital não queremos só ser bem atendidos, mas que nossas necessidades também sejam atendidas. Por isso, é importante que toda a equipe, seja do setor de saúde ou da área administrativa, não percam tempo com processos complexos e foquem na prioridade: o paciente.

O prontuário eletrônico, por exemplo, é uma solução que garante a informação necessária para estabelecer a melhor conduta e ajuda na tomada de decisão.

Também é possível distribuir tarefas de acordo com os departamentos. Essa parametrização do sistema de trabalho não só otimiza, mas organiza as prioridades de acordo com as funções e cargos.

Com novas tecnologias, surgem novas responsabilidades

Contar com profissionais de TI preparados e softwares de gestão apropriados é extremamente importante. A partir do momento que a equipe e as ferramentas atendem as demandas do hospital, a unidade começa a alcançar mais resultados, melhorando todos os seus setores.

É preciso fazer a gestão dessas novas ferramentas e dos dispositivos móveis que estão cada vez mais modernos e possibilitam aos gestores de TI fazer o gerenciamento da empresa, a qualquer hora e em qualquer lugar.

Com uma plataforma de gestão baseada no conceito do EMM (Enterprise Mobility Management ou Gerenciamento de Mobilidade Corporativa, em português), é possível fazer o controle de todos os dispositivos utilizados pelos colaboradores de um grande hospital, contribuindo para oferecer serviços melhores e salvar mais vidas.

Confira nossos outros conteúdos:

Adicionar comentário