Roaming Internacional: Saiba como economizar contratando um pacote de adequado

O serviço de roaming internacional é um dos principais ofensores das faturas telefônicas das empresas brasileiras. Um estudo realizado a partir do data analytics da Navita aponta que do total de gastos excedentes com voz, pelo menos, 12% são com despesas realizadas em viagens para outros países.

Para se ter uma dimensão deste prejuízo, a Navita chegou a receber de um cliente que não tinha gestão de telefonia, uma fatura com o valor de R$ 20 mil referente a uma viagem de um executivo no período de 15 dias para os Estados Unidos, com despesas de voz, dados e SMS.

Para evitar este tipo de situação e o desperdício de dinheiro, o ideal é sempre contratar um pacote de roaming com três dias de antecedência do dia da vigem.

As operadoras brasileiras oferecem diversos pacotes para contratação, com ofertas de diárias ou pacotes mensais. No entanto, antes de contratar o serviço é fundamental avaliar a real necessidade do profissional que o utilizará, já que algumas operadoras não permitem a renovação do pacote, caso utilize todos os minutos e dados contratados. Neste caso, a empresa deverá comprar um pacote mais caro, o que pode tornar o valor mais caro.

Além disso, os serviços excedentes custam, em média, 30% mais caro do que o definido em contrato. As contratações de minutos avulsas, por exemplos, podem custar de R$ 1,99 o minuto a R$ 6,40, o minuto, dependendo da operadora e da região geográfica.

Vale atentar para o volume trafegado, que também varia de acordo com o país visitado. Em geral, Estados Unidos e Canadá tem as melhores tarifas, já destinos na Ásia ou Oceania possuem os pacotes mais caros, tanto para dados quanto para voz.

Ligações e mensagens para outros países também podem onerar a conta. É importante avaliar a necessidade de se ter este custo, já que os valores costumam ser bem caros. Uma gestão adequada de telefonia pode contribuir para uma visão clara das necessidades do executivo equacionadas aos objetivos de investimento da empresa.

Veja o estudo que fizemos sobre os gastos com pacotes


Leia também:
Gestão de Telefonia Eficiente – 12 recomendações para reduzir custos

25 de novembro de 20160

Adicionar comentário