Rollout de dispositivos móveis – Por onde começar?

A troca do parque de Telecom de uma empresa nem sempre é algo simples. Dependendo do número de linhas, localização da equipe, permissões de acesso e aplicações o processo pode ser complexo e demandar tempo e recursos.

O tempo para aquisição e manutenção com aparelhos perdidos, quebrados ou obsoletos também costuma ser um problema para empresas que dependem dos dispositivos móveis para gerar vendas, como é o caso de empresas do varejo ou indústrias que possuem equipes de campo localizadas em diferentes pontos do país. Neste caso, a agilidade é essencial para garantir que a empresa não perca dinheiro com a falta do aparelho.

Elaboramos abaixo um guia rápido com algumas dicas sobre como fazer para conduzir um projeto de rollout com segurança e gestão. Confira!

1º Planejamento
Seja para atualização, instalação de aplicativos ou para um projeto completo, entender as necessidades da empresa é o primeiro passo para o rollout dar certo. Por isso, o levantamento do escopo é fundamental para a realização do planejamento.

É preciso ter em mãos o inventário atualizado; definir o sistema operacional que será utilizado, a plataforma e as aplicações a serem instaladas, bem como, a política da empresa com os perfis de acesso e uso destes apps.

De posse dessas informações, a segunda etapa inclui organizar a logística de entrega dos aparelhos. Em quanto tempo a empresa precisa do projeto finalizado e onde eles serão entregues? A empresa realizará algum evento que envolverá a contratação de transporte ou será necessário criar uma ativação interna para a entrega ao usuário final?

2º Execução
Definido o escopo e planejado o trabalho, é hora de colocar a mão na massa. É a etapa de configuração dos aparelhos e instalação de todos os softwares, conforme perfil dos usuários e ativação das ferramentas de MDM (Mobile Device Management), quando contratadas.

Aplicações instaladas, é o momento de montar kit de boas vindas, que inclui a caixa com o dispositivo móvel, acessórios, informações de suporte e das funcionalidades do dispositivo, políticas de uso da empresa e os termo de responsabilidade a ser assinado pelo usuário no ato da entrega.

3º Transporte e entrega
Projeto realizado. É necessário entregar os dispositivos ao time de colaboradores. Além do transporte e ativação, é fundamental realizar um plano de comunicação aos usuários para avisá-los do projeto e engajá-los, conforme necessidade da empresa. Algumas áreas como o RH podem ser envolvidas para auxiliar na finalização do projeto.

Para saber mais como um bom projeto de rollout pode contribuir com o seu negócio, conheça o case da Navita com o Laboratório Aché, que envolveu a troca de mais de 2.5 mil tablets e smartphones para um único sistema operacional.

Baixe o Case completo aqui.  

 

 

 

 

Adicionar comentário