Benchmarking: qual sua importância para o sucesso empresarial?

Já faz algum tempo que o termo benchmarking vem sendo bastante adotado no meio empresarial, e que esse tipo de estratégia passou a vigorar nas organizações. Apesar disso, é ainda comum que alguns empresários tenham dúvidas sobre do que realmente se trata esse conceito.

A ideia do benchmarking vai muito além da prática do cliente oculto. Essa estratégia serve para que se possa ter conhecimentos sólidos de mercado, para que possam ser desenvolvidos aprimoramentos em todas áreas da empresa.

De tal forma, não é apenas o CEO ou diretor geral da empresa que precisa compreender sobre o benchmarking, mas também gestores de departamentos específicos, como é o caso da TI.

Nos próximos tópicos, vamos esclarecer as principais dúvidas acerca dessa temática. Confira!

Em que consiste o benchmarking?

O termo benchmarking deriva da palavra “benchmark”, da língua inglesa, que pode ser traduzida para o português como “referência”.

Assim sendo, o conceito de benchmarking consiste em um método que compara o desempenho, os protótipos e materiais colocados à venda, as práticas e os serviços de uma empresa com outros métodos e serviços ofertados pelas organizações concorrentes, o que ajuda a tornar a gestão mais eficiente.

A prática do benchmarking, portanto, analisa todos os processos que uma empresa faz e os compara com os de seus concorrentes, analisando semelhanças e diferenças nas estratégias.

O benchmarking faz ainda com que possam ser identificados erros na própria estratégia, mas também nas estratégias dos concorrentes. Nesse caso, a empresa que desenvolve bem o benchmarking estará sempre um passo à frente.

Como o benchmarking influencia no processo empresarial?

De maneira geral, podemos dizer que o benchmarking proporciona uma análise contínua e estratégica de informações colhidas sobre os métodos e processos dos concorrentes.

Por meio do uso desses dados coletados, pode-se desenvolver técnicas de inteligência competitiva para elaborar novas ideias, rotinas e soluções para desbancar os concorrentes e derrotá-los no mercado.

Um gestor de TI, por exemplo, ao observar que a empresa concorrente tem um moderno software para a comunicação interna da organização, pode levantar dados sobre o sistema e propor uma solução ainda mais inovadora para a sua empresa.

Existe um passo a passo para aplicar o benchmarking na empresa?

Para aplicar a técnica do benchmarking na empresa, existe uma série de passos que podem ser cumpridos. Tratam-se dos seguintes:

  • selecione os concorrentes que pretende monitorar (recomendamos que seja entre um e três principais);
  • estabeleça as métricas e indicadores de análise, tanto qualitativos quanto quantitativos;
  • defina as ferramentas que serão utilizadas para a coleta de dados;
  • compare e analise as informações que você obteve com a realidade da sua empresa;
  • desenvolva um relatório propondo ações de melhorias para a sua empresa, a partir de dados coletados do concorrente.

É importante sempre salientar que é preciso manter os parâmetros éticos para aplicar o benchmarking. Jamais utilize recursos para hackear sistemas de uma empresa concorrente, por exemplo, pois isso caracteriza até mesmo crime.

Quais são as principais vantagens de aplicar o benchmarking na empresa?

Ao aplicar o benchmarking em uma empresa, diversos são os benefícios obtidos. Elencamos as principais dessas vantagens. Veja!

Ampliação do conhecimento do gestor sobre o funcionamento da própria organização

Para que possa ter dados sólidos para comparar com as informações das outras empresas, é preciso fazer um levantamento de tudo o que se passa na companhia. Assim, todos os processos da sua empresa serão mapeados.

Desse modo, ao aplicar o método do benchmarking, você ficará sabendo sobre tudo o que se passa na empresa. Isso fará com que gargalos sejam identificados e que melhorias sejam aplicadas antes mesmo de se iniciar o processo comparativo com as outras empresas.

Identificação sobre como o mercado se movimenta

O dia a dia corrido nas empresas faz com que tenhamos foco apenas em nosso negócio e naquilo que estamos nos propondo a fazer. Essa realidade por um lado é positiva, mas por outro nos deixa reféns do universo em que nossa empresa está envolva, sem que sejam observados aspectos de mercado que talvez já estejam sendo analisados pela concorrência.

Talvez, você esteja se preocupando muito com telefonia, enquanto para os concorrentes isso já é ultrapassado e eles estão já desenvolvendo ferramentas mais eficientes de inteligência artificial.

Verificação sobre o que os concorrentes têm feito para se destacar

Nenhuma empresa fica parada no mercado, caso contrário não conseguirá se manter viva e com clientes. Por isso, verificar o que os concorrentes têm feito para se destacar é relevante.

Com base nessas informações, você poderá investir em ações ainda melhores que as das outras empresas. Isso fará com que a sua companhia seja vista como pioneira pelos clientes, aumentando o destaque e relevância da marca.

Aumento nas vendas e faturamento

Na prática do benchmarking uma coisa puxa a outra. Logo, com mais destaque e relevância da marca, haverá um aumento nas vendas e no faturamento da empresa.

Afinal, os clientes perceberão a sua empresa como a mais qualificada, caso você consiga se manter adiante das concorrentes no mercado.

Redução de custos

Há uma redução de custos considerável ao aplicar o benchmarking, uma vez que as verbas são destinadas para aquilo que realmente se sabe que dará resultados. Assim, se você identificar que algo deu errado e trouxe prejuízo para uma concorrente, por exemplo, não repetirá no seu negócio.

Prevenção de erros

O benchmarking possibilita que erros cometidos no passado não se repitam na empresa. Além disso, deixa claro quais foram as estratégias da concorrência que não obtiveram êxito, de modo que você não as repita em seu negócio.

O benchmarking, de maneira geral, é uma estratégia que tem como objetivo a melhora de todos os procedimentos de uma empresa, nas suas mais diversas áreas ou departamentos. A partir dele, podem ser corrigidas falhas e propostas melhorias que podem fazer a diferença. Portanto, não deixe de aplicar esse poderoso método na sua organização.

Esperamos que você tenha gostado do nosso conteúdo e que as informações que trouxemos tenham sido úteis para você. Em caso positivo, assine a nossa newsletter! Dessa forma, podemos sempre enviar dicas relevantes diretamente no seu e-mail. Não perca essa oportunidade!

5 de dezembro de 20180

Adicionar comentário