Mobilidade Corporativa: consumo de tecnologia no Brasil cresce junto com os perigos de segurança corporativa

É inegável que o consumo de conteúdo em dispositivos móveis, seja no uso pessoal ou profissional, vem ganhando cada vez mais força no Brasil, responsável pela utilização de 170 milhões de aparelhos em 2016.

Mas, ao mesmo tempo em que a tecnologia ajuda, ela pode se tornar uma grande vilã, principalmente para as empresas. Isso porque, 85% das 220 mil aplicações disponíveis em nuvens corporativas, por exemplo, não podem ser consideradas seguras, deixando o conteúdo exposto e gerando grandes riscos a documentos confidenciais.

Então, como é possível garantir segurança e produtividade neste ambiente?

Manter-se vigilante, atentar-se ao comportamento do mercado/usuários e principalmente preparar-se para atingir um nível de maturidade mais sólido em mobilidade corporativa é o melhor caminho para se preservar e garantir produtividade a todos os envolvidos.

O especialista em Soluções para Dispositivos Móveis da Navita, Fábio Pacheco, elaborou um artigo especial com orientações específicas de como usar apenas o melhor da tecnologia no ambiente corporativo.

Clique aqui e acesse o material na íntegra.

Adicionar comentário