Mobilidade corporativa: uso de dados gera novas oportunidades e desafios

Segundo a pesquisa anual de Administração e Uso da Tecnologia da Informação das Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de SP, o Brasil possui mais de 168 milhões de aparelhos smartphones em uso.  O mesmo estudo aponta que até 2018 este número atinja 236 milhões de dispositivos móveis com essa tecnologia.

O crescimento do uso de smartphones criou uma oportunidade no mercado de mobilidade, o chamado tráfego patrocinado, ou seja, as empresas pagam pelos dados utilizados em seus aplicativos.

O motivo: o consumidor tem gastado mais com Internet do que com ligações, reduzindo, inclusive, o número de linhas no país. Somente em 2016, mais de 13 mil linhas foram desativadas no país, segundo a Anatel.

Mas, será que essa tendência chegou para ficar?

A solução tem sido oferecida por instituições bancárias e por varejistas para incentivar os clientes a utilizar os canais mobile das empresas e gerar maior autonomia no processo de compra, gerar relacionamento e experiência de compra. Algumas empresas dão descontos e realizam ações promocionais para quem usa os aplicativos.

Há também aplicativos que bonificam o cliente com serviços de voz ou dados, caso ele clique em uma publicidade ou assine algum serviço, como é o caso do aplicativo Mobonus, disponível para Android e iOS.

E sua empresa como tem se preparado para fazer a gestão de custos com Telecom (Tem – Telecom Expensive Management)? Há controle dos dados que são utilizados? Você sabe se o que você paga é o mesmo que você contratou?

Para fazer uma boa gestão das suas necessidades de mobilidade corporativa, baixe o Guia Navita de Gestão de Telefonia Eficiente com 12 recomendações essenciais para reduzir custos e otimizar seus investimentos em telefonia.

Leia também:
Você gastando muito com Internet? Controle já os seus gastos!
Mega tendências em tecnologia

 

Fontes:
Exame
Agência Brasil
Estadão

Adicionar comentário