Sem bateria ou espaço em seu dispositivo móvel? Saiba como otimizar o desempenho do seu aparelho

Por Fabio Augusto Pacheco – Especialista em Soluções para Dispositivos Móveis

Smartphones tornaram-se acessórios indispensáveis. Eles substituíram agenda, relógio, telefone, e, em muitos casos, até mesmo o computador. Porém, de nada adianta termos uma ferramenta tão poderosa se quando mais precisamos dela somos deixados na mão por falta de memória ou bateria.

A fim de evitar este tipo de problema, o especialista da Navita em dispositivos móveis, Fabio Pacheco, elaborou algumas dicas sobre como otimizar o desempenho do seu dispositivo móvel iOS ou Android.

Bateria
O consumo de bateria em dispositivos móveis é algo crítico e não existe nada pior do que ficar desconectado por falta de energia e não ter uma tomada por perto. Alguns fatores são cruciais na performance e uso dos dispositivos:

Uso do dispositivo: por incrível que pareça, muitas pessoas ignoram que o uso intensivo do aparelho diminui a duração de sua bateria. Estatisticamente, o maior ofensor de energia é o brilho da tela, seja ele automático (que responde a iluminação ambiente) ou configurado manualmente. Não checar a tela do dispositivo a cada dois minutos é uma forma bastante eficaz de não acabar com a energia do aparelho em apenas quatro horas.

Aplicativos rodando em segundo plano: muitas vezes o usuário sai da aplicação, mas não a fecha, ou seja, ela continua rodando em segundo plano. É muito comum ao listar as aplicações abertas perceber dezenas delas consumindo processamento e, por consequência, prejudicando a performance da bateria. Este é um dos principais motivos de smartphones esquentarem aparentemente sem motivo. O ideal é encerrar as aplicações que não estão sendo usadas para poupar bateria.

Funcionalidades ativadas e não sendo usadas: wi-fi, bluetooth e serviços de localização devem ser desligados caso não sejam utilizados. Isto vai ajudar a economizar bateria e estender o tempo de uso. O dispositivo continuará procurando uma rede wi-fi, dispositivo bluetooth e sinal GPS mesmo que não exista a intenção de utilizá-los.

Tipo de bateria: raramente o usuário do dispositivo se atenta ao tipo de bateria que seu dispositivo suporta. Um dispositivo com poucos aplicativos, pouco uso, configurações simples e uma bateria de 1800 mAh não terá a mesma performance de um dispositivo com uma bateria de 2900 mAh nas mesmas condições. Não é incomum encontrarmos alguém frustrado com o desempenho de seu aparelho baseado na experiência que teve com outro dispositivo completamente diferente. O telefone do amigo ou parente não pode ser parâmetro enquanto ele é um outro modelo e utiliza outro tipo de bateria. Para uma melhor experiência, uma série de boas práticas devem ser adotadas de acordo com o dispositivo e estilo do usuário.

Memória
Hoje um simples smartphone possui dezenas de gigabytes de memória, que ainda pode ser expandida utilizando cartões adicionais com até mais de uma centena de gigabytes. Se ainda assim o usuário venha a ter problemas com memória de armazenamento, algumas ações podem ser tomadas para que esta situação não ocorra.

Salvar mídia em um repositório na nuvem: tanto o iOS quanto o Android possuem aplicativos nativos de fotos que permitem o armazenamento de fotos e vídeos na nuvem gratuitamente. Recomenda-se configurar o backup automático de mídia quando estiver em uma rede Wi-Fi para sempre se ter memória disponível.

Aplicativos: embora raramente algum aplicativo consuma mais do que algumas dezenas de megabytes, onde a maioria não é maior que uma dezena, recomenda-se desinstalar os aplicativos que não são mais usados, mantendo assim o aparelho limpo e funcional.

Rotina de backups regulares: a fim de guardar os dados em algum lugar que possa ser acessado em caso de perda do dispositivo, recomenda-se uma rotina de backups regulares, na nuvem ou em alguma mídia física, para que depois estes dados possam ser excluídos dos dispositivos com segurança. Se você usa os aplicativos abaixo, fique de olho no impacto em memória ou armazenamento.

Aplicativos que mais consomem espaço de armazenamento:

Spotify
Google Chrome
LINE
WhatsApp
Instagram

 
Aplicativos que mais consomem bateria, em grande parte por serem aplicativos que estão sempre ligados e/ou trabalhando em segundo plano:

Samsung WatchOn
OLX
Telstra
Snapchat
Wallmart
Netflix
Spotify
WhatsApp
Youtube

Adicionar comentário