Tráfego global de dados crescerá sete vezes em cinco anos

O estudo “Cisco Visual Networking Index (VNI) Global Mobile Data Traffic Forecast” aponta que até 2021 o tráfego de dados móveis crescerá sete vezes no mundo. Esse volume deve-se ao elevado números de smartphones conectados e o crescimento da Internet das Coisas (IoT) globalmente .

As estimativas apontam que haverá quase 12 bilhões de dispositivos móveis conectados, incluindo módulos M2M. Hoje, esse número é de 8 bilhões.   As conexões máquina-a-máquina (M2M) vão representar 29% (3,3 bilhões) do total de conexões móveis e será o tipo de conexão móvel com crescimento mais rápido.

A análise também projeta que em cinco anos, o número mundial de dispositivos móveis será de 5,5 bilhões. No Brasil, os smartphones responderão por 85% do tráfego móvel e o volume de usuários móveis brasileiros passará de 166,8 milhões (atual) para 176,8 milhões, quando representará 81% da população do País. A Cisco aponta também que 77% das conexões móveis no país serão inteligentes.

Estes números confirmam as projeções do Gartner, apresentadas pelo diretor de produtos e serviços da Navita, Fabio Nunes, no Webinar sobre mega tendências em tecnologia. Assista o vídeo. De acordo com estimativas do Gartner, até 2020, 40% dos dados trafegados virão de sensores. Hoje esse número está na ordem de 5 a 10%.

Esse aumento demandará uma necessidade maior de gestão destes dispositivos móveis e uma política adequada para mobilidade corporativa, especialmente considerando as conexões de IoT.

A questão é: sua empresa está preparada para este volume? 

Fontes:
Portal – Canaltech
Portal – Mobile Time

Adicionar comentário