Solução de Nuvem: saiba por que é preciso gerenciar seus custos

O uso de serviços em nuvem deixou de ser uma tendência, para se tornar uma solução tecnológica para o mundo corporativo.

De acordo com a CIO FROM IDG, os gastos globais em infraestrutura de TI em nuvem vão atingir 150 bilhões de dólares até 2022. Os serviços de soluções de nuvem, foram impulsionados nos últimos 2 anos, devido aos acontecimentos da pandemia e consequentemente tivemos o trabalho remoto.

Porém, você está ciente de todos os gastos referentes a nuvem? Você utiliza estes serviços em sua totalidade?

Após ler o artigo, você irá saber como controlar ou reduzir os custos através das melhores práticas com o uso da tecnologia. Antes, saiba o conceito de gestão de custos na nuvem e FinOps.

O que é gestão de custos em Cloud? – Soluções de Nuvem

Nesse caso, gestão de custos em nuvem, é você ter o controle dos gastos através de processos e práticas de gerenciamento seguindo as etapas abaixo:

  • Entendendo o uso e o custo
  • Acompanhando o desempenho
  • Dados para tomar decisão
  • Otimização dos serviços e gastos
  • Alinhamento organizacional e operação

Por isso é essencial consolidar em um único local as informações de gastos dos serviços em nuvem como faturas, logs das provedoras de serviços em nuvem (como a AWS, por exemplo), custos de fornecedores de softwares SaaS etc. Ao longo do período de contrato.

Com estas informações dispostas de forma clara e ampla (incluindo data de vencimento, vigência de contrato, índices de reajustes e câmbio), você consegue ter previsibilidade e visibilidade de onde cortar custos que não são mais necessários com a solução de nuvem.

Assim, com a organização estabelecida e uma solução de nuvem auxiliando, as possibilidades para futuros investimentos e projetos aumentam. Em suma, se distanciando de problemas financeiros e facilitando a parte orçamentaria na hora de fazer o planejamento.

Saiba os benefícios que uma solução de nuvem oferece para gerenciar custos

É possível consolidar todas estas informações de nuvem, provedores e softwares as a service (SaaS), assim como todos os seus serviços associados e a partir destas informações obter insights estratégicos. Sem uma plataforma de software de solução de nuvem pode ser um trabalho árduo.

Mas do que você pode se beneficiar com uma gestão de gastos em nuvem através de uma plataforma dedicada para isso?

Listamos alguns dos benefícios, que você irá encontrar logo de cara, veja:

Com soluções de nuvem é possível ter visibilidade de qualquer lugar:

Uma vez que você tenha todas as informações de custo em uma plataforma SaaS e não estes dados em planilhas armazenados em pastas na rede, desktop ou notebook, você está em vantagem. Pois podemos acessar essa evolução de custos de qualquer lugar, a qualquer momento. É necessário apenas ter uma conexão com a internet. Com isso, ganhando enorme mobilidade.

Mais segurança com solução de nuvem:

Uma plataforma de gestão de custos SaaS precisa ser segura com acesso criptografado com padrões internacionais (como SSL), hospedados em ambientes de alta disponibilidade e integridade. Assim, reduzindo chances de dano, violação ou vazamento de informações sensíveis.

Outro ponto que podemos citar, é que o backup acontece de forma automática no sistema de CLOUD por meio de espelhamento. Provendo uma disponibilidade muito maior destes dados, já que, caso aconteça algum imprevisto, eles estarão em outro servidor ou até mesmo em outro datacenter em outro país.

Maior visibilidade para controle e redução de custos:

Com o conhecimento de seus fornecedores, contratos e seus gastos associados, é possível identificar oportunidades para otimizar custos. Essa visão gerencial permite que você gaste apenas com o serviço que é realmente utilizado, acompanhando as necessidades atuais da empresa e o potencial de investimento.

O que é FINOPS?

FinOps é a abreviatura de “Cloud Financial Operations” (Operação Financeira em Nuvem), “Cloud Financial Management” (Gestão Financeira em Nuvem) ou “Cloud Cost Management” (Gestão de Custos em Nuvem).

No caso, FinOps é um conceito que serve para trazer responsabilidade financeira em CLOUD.  Uma das etapas para se ter sucesso na aplicação de FinOps, é ter os colaboradores dos setores de TI, Finanças e Produtos etc bem distribuídos, mas, ao mesmo tempo, obter um trabalho em conjunto entre essas áreas, a fim de tornar a metodologia de FinOps uma prática para que cada área gerencie seus custos em nuvem, para que dessa forma, a empresa tenha maior controle financeiro e previsibilidade.

Essa metodologia contém 3 pilares, considerados importantes para os serviços de soluções em nuvem, que são:

#1. Informar

Essa etapa é para ter visibilidade dos custos, obter métricas e alinhar todos os envolvidos com as prioridades do negócio. É aqui que as soluções de gestão de custos em cloud (como o Navita Cloud) entram em ação.

Alguns pontos dessa etapa são:

  • Consolidação das informações de gastos dos fornecedores de Cloud
  • Dashboards e Relatórios para entender as principais métricas
  • Planos de orçamento bem estruturados para impulsionar o ROI
  • Previsão de custos para evitar surpresas no final do mês, final de contratos e auxiliando na tomada de decisão.

#2. Otimizar

Nessa fase a intenção é capacitar as equipes para identificar e executar oportunidades para ter alto desempenho na CLOUD.

Para ficar mais claro, separamos aqui algumas situações de otimizações para você:

  • Desligar recursos que não são mais utilizados.
  • Expandir ou diminuir corretamente os serviços de acordo com as necessidades de desempenho

#3. Operar

A terceira fase não é a última e sim um lembrete de que nessa etapa é uma atividade contínua. Com o intuito dessa metodologia ser integrada, mantida e aplicada diariamente nas operações.

Contudo, há processos para alinhar e melhorar.  rotineiramente o gerenciamento e otimização dos custos em cloud, que são eles:

  • Acompanhamento em relatórios de uso;
  • Fazer revisão de forma contínua, com melhorias de otimização de custos
  • Implementar políticas no ambiente de nuvem

Essas são algumas das funcionalidades que você enxergar dentro de uma ferramenta de soluções em nuvem.

Como soluções de nuvem são a melhor opção para otimizar gastos?

Como já citamos, a migração para a nuvem, tem sido a melhor opção para aqueles que desejam elasticidade da infraestrutura (aumentar seus custos somente com o aumento da demanda, como Black Friday, por exemplo) e disponibilidade (datacenters mais robustos e com processos de redundância e segurança) com um bom custo-benefício. Ao invés de considerar uma infraestrutura física dedicada e proprietária.

Entre os gastos da estrutura física estão: hardware, máquinas, manutenção, energia (onde se tem um gasto alto para manter as máquinas ligadas).

Com soluções em nuvem como a AWS você terá, à primeira vista, uma otimização dos investimentos. Ainda mais, que pagará apenas pelos serviços que são demandados. Já em soluções SaaS, dependendo do serviço contratado ou do plano oferecido, você tem mais funções com um módulo profissional, por exemplo, que otimizará sua operação sem incorrer em custos de infraestrutura.

Mas isso pode ir por “água abaixo” se não for realizado um acompanhamento de perto deste consumo, pois é necessário aumentar a infraestrutura quando cresce a demanda, mas principalmente, reduzir a infraestrutura ao diminuir a demanda.

Quais são as melhores ferramentas de solução de nuvem?

Há muita procura por softwares que possam ajudar empresas nesse acompanhamento de gastos da infraestrutura em cloud, por conta disso, muitos não sabem qual ferramenta escolher e por onde começar.

Atualmente a Navita, líder em gestão de gastos de TI e Telecom, empresa do ramo tecnológico, desenvolveu um novo módulo da sua plataforma Navita Connect chamado Navita Cloud, onde é possível importar as informações de custos de Cloud, AWS , por exemplo, e prover dashboards essenciais para que o gestor possa otimizar sua infraestrutura na nuvem.

Dessa forma, os benefícios que a plataforma Navita Connect provê para outros tipos de serviços agora estão disponíveis para gestão de gastos em nuvem. Inicialmente, quando falamos no conceito de FinOps, a ferramenta Navita Cloud atua na camada de INFORMAÇÃO, permitindo visibilidade, alocação, orçamento e previsão.

Abaixo, segue as principais funcionalidades da ferramenta:

  • Importa os gastos do fornecedor de Cloud (AWS, por exemplo);
  • Visualiza a evolução dos gastos ao longo dos meses;
  • Configura os itens de rateio;
  • Atrela serviços específicos dos provedores (tags) às categorias de custo, proporcionando melhor entendimento das faturas e pacotes contratados;
  • É possível associar o centro de custos onde debita as despesas;
  • Segregação dos gastos por metadados e hierarquia de empresa, projeto ou serviço;
  • Filtros por equipe, com visualização dos gastos por departamento
  • Extração de relatórios, com filtro personalizado na data, para extração mensal ou anual, seja por produto, serviço e instância;
  • Gráficos com fácil visualização para tomada de ações;

Solução de Nuvem: O futuro das empresas

Com o avanço constante da tecnologia e a busca das empresas por ferramentas que agreguem financeiramente, é normal que, ao longo do tempo, as empresas substituam servidores físicos por soluções em nuvem, pois é a nova tendência para os próximos anos.

Além dos pontos citados acima, não podemos esquecer de outros dois fatores que favorecem a adoção de soluções de nuvem nas empresas, que são: evolução de ferramentas de cloud e aplicação do conceito de FinOps, que juntos, são essenciais para obter uma gestão financeira disciplinada, visando otimizar o máximo de recursos financeiros corporativos.

Com isso, vimos que em um futuro não tão distante, os serviços de gestão de custos em cloud serão essenciais para toda e qualquer corporação que almeje ter todo o controle dos serviços ligados à nuvem.

E aí, sua empresa está preparada para essa nova tendência? Os insights foram valiosos para que você adequar sua organização a este cenário?

Caso queira saber mais sobre a solução de nuvem da Navita, clique aqui e entre em contato conosco.

Adicionar comentário