Bloqueio de aplicativos em celulares corporativos: como fazer?

Você sabe por que é importante e necessário restringir aplicativos em celulares corporativos?

É inegável a importância do celular no trabalho nos dias de hoje. Esses aparelhos foram responsáveis por tornar o trabalho muito mais flexível e dinâmico, fornecendo a mobilidade que era necessária para tornar o operacional das empresas muito mais produtivo. 

Afinal, por meio dele é possível realizar tarefas, monitorar resultados, acessar relatórios, se comunicar com a equipe e com os clientes, dentre outras atividades. 

Ou seja, atualmente o aparelho é indispensável para o trabalho de muitos setores. No entanto, como todas as coisas, ele também possui desvantagens, que surgem principalmente por conta de mau uso.

Quer saber quais são os motivos que revelam a importância da restrição de aplicativos e como fazer o bloqueio? Acompanhe o artigo até o final.

Por que restringir aplicativos no celular corporativo?

São dois os principais motivos para restringir aplicativos no celular corporativo: queda de produtividade e segurança.

Isso porque, ao mesmo tempo que o aparelho otimiza a produtividade, ele também pode miná-la se for usado para a distração do colaborador. Nesse sentido, não se trata apenas de baixar apps de jogos e redes sociais, há outras formas nas quais o funcionário pode se entreter e perder a concentração.

Quer saber quais são esses outros modos e porque é extremamente importante realizar o bloqueio de certos aplicativos? Confira neste outro artigo A importância da gestão de aplicativos em celular corporativo | Navita.

Já em relação à segurança de informação da empresa e os principais riscos que a ameaçam por meio do mau uso do celular corporativo, você pode saber mais neste outro artigo.

Ferramentas que fazem a restrição de aplicativos

Existem no mercado algumas ferramentas que realizam a restrição de aplicativos de forma simples. Confira as principais a seguir. 

AppLock

Desenvolvido pela DoMobile, o Bloqueio (AppLock) permite a restrição de aplicativos, mensagens, configurações e chamadas. 

Além disso, ele também possui um browser próprio, possibilitando a navegação anônima. Outra funcionalidade é a exibição do teclado numérico de forma desorganizada e aleatória, para evitar que a senha seja descoberta por algum observador mais atento.

Bloqueio: AppLock

De nome bem similar, o Bloqueio: AppLock foi desenvolvido pela SpSoft e é considerado uma das melhores opções entre os programas de bloqueio de aplicativos. De configuração simples, ele permite a criação de uma senha mestra (PIN) para restringir aplicativos em massa. 

Além disso, também é possível definir horários para a utilização dos apps e desativar notificações que possam ser consideradas uma distração. Também existem opções para bloquear o acesso ao Wi-Fi, mensagens, chamadas, conexão USB, dentre outras. 

E caso algum colaborador tente desbloquear um aplicativo e erre a senha, o Observador permite configurar o dispositivo para tirar uma foto ou fazer um vídeo do funcionário que realizou a tentativa. 

LOCKit

Similar aos outros aplicativos mencionados, o LOCKit também oferece as opções de proteger os apps com uma senha e tirar selfies de quem tenta burlar o bloqueio.

O seu diferencial é permitir a análise de comportamento de uso, além de monitorar e proteger os dados armazenados no celular corporativo em tempo real. 

No entanto, apesar dos aplicativos apresentados apresentarem funcionalidades interessantes, eles não permitem ou facilitam o trabalho da gestão de mobilidade corporativa.

Isso porque é necessário realizar a instalação manual, em cada um dos aparelhos. Como também não é possível monitorar a atividade no dispositivo ou realizar atualizações de segurança.

Justamente por conta disso, elas são mais indicadas para o uso pessoal. Já no uso corporativo, a melhor ferramenta para realizar a restrição de aplicativos é o MDM.

Por que o MDM é a melhor solução para o bloqueio de aplicativos?

Restringir aplicativos é fundamental, tanto para garantir a segurança das informações sensíveis da empresa, como para evitar a queda de produtividade na equipe, como foi mencionado. No entanto, isso não é suficiente para garantir a proteção dos dados.

Além disso, existem aplicativos que podem ser baixados por meio de sites maliciosos e que provavelmente não estarão no radar da equipe de TI para incluí-los na lista de bloqueio. 

Por isso, o ideal é contar com uma ferramenta completa como MDM (Mobile Device Management, ou Gerenciamento de Dispositivos Móveis) da Navita, que otimiza todo o trabalho do gestor de mobilidade corporativa.

Essa ferramenta fornece autonomia para que seja possível gerenciar completamente os dispositivos, desde as configurações até a restrição de horários de uso. E não é só isso. Confira as principais funcionalidades do MDM da Navita a seguir:

Gerenciamento de Aplicativos

Crie uma loja de aplicativos privada e integrada com o Google Play e o Apple Store, para controlar tudo que se refira a instalação, desinstalação e atualização dos programas.

Deste modo, é possível criar uma segurança mais robusta e restringir aplicativos não permitidos de forma mais ampla. 

Localização de Dispositivos

Com o MDM da Navita também é possível acompanhar e monitorar a movimentação do dispositivo, sendo extremamente útil tanto para casos de perda, roubo e furto, como para avaliar se os deslocamentos do colaborador estão de acordo com sua função.

Configurações e Políticas

Garanta de forma remota e automatizada que todos os celulares corporativos da empresa correspondam com as configurações e, com as políticas de segurança e de uso, estabelecidas. 

Segurança da Informação

O MDM da Navita apoia a estratégia da empresa em relação ao cumprimento da LGPD (Lei Geral de Proteção dos Dados), permitindo que as configurações e políticas de segurança sejam atualizadas de forma geral. 

Inclusive, dentre as funcionalidades existentes, pode-se:

  • Segmentar aplicativos;
  • Controlar as configurações dos apps;
  • Monitorar o navegador e restringir também, sites e URLs

Time Fence (Controle por Horário)

Além de restringir aplicativos, o MDM da Navita também permite a implementação de uma delimitação de horário para o uso do celular corporativo, evitando assim que a empresa adquira processos legais que se refiram ao uso indevido do aparelho fora do horário comercial.

Geração de relatórios gerenciais

Outra funcionalidade essencial do MDM é que ele disponibiliza a geração de relatórios gerenciais, os quais permitem que a empresa compreenda melhor a utilização de seus dispositivos corporativos, fornecendo também um controle maior. 

E todas as funções que mencionamos neste artigo, podem ser aproveitadas de forma muito simples, sem nenhum tipo de complicação. 

Isso porque, a gestão do MDM da Navita é feita em um ambiente web e multiplataforma, que pode ser acessado por meio de uma URL em qualquer dispositivo. Ou seja, nada de investir uma fortuna em diversas e complicadas ferramentas. Reduza seus custos de TI e gerencie todos os seus dispositivos móveis corporativos a partir de uma única plataforma. Conheça o Navita Connect.

Adicionar comentário