Quais as principais dificuldades enfrentadas por CIOs e CFOs

Nas empresas, a transformação digital marca um repensar de como usar tecnologia, pessoas e processos. É assim que, neste cenário, CFOs e CIOs têm a necessidade de, entre outras coisas, focar esforços para garantir a redução de custos de TI e aprimorar a gestão de telecom.

Como líderes em suas áreas, mais do que nunca esses profissionais precisam gerenciar, de maneira ágil, funções financeiras e de TI para dar suporte às estratégias de crescimento da empresa. A fim de conseguirem alcançar seus objetivos, cada um tem um papel a cumprir.

De um lado, o CFO precisa entender como a tecnologia e os dados podem ser usados. De outro, os CIOs também devem compreender o mercado em constante mudança, as expectativas operacionais e dos colaboradores, e, claro, como aprimorar a gestão de TI e telecom.

Para abordar o tema de modo mais completo e tratarmos dos papéis dos CIOs e CFOs, preparamos este artigo. Boa leitura!

Qual o papel do CIO na gestão de telecom depois da transformação digital?

É certo que as empresas estão cada vez mais investindo na modernização dos processos e da estrutura. Graças às novas ferramentas e inovações, a gestão dos CIOs é ainda mais apurada.

O papel que desempenham nos esforços de transformação digital das empresas, incluindo a integração de novas tecnologias vitais no local de trabalho, é crucial. No entanto, como o que acontece dentro do ambiente corporativo, a própria função do CIO está evoluindo. É o que aponta uma pesquisa realizada com mais de 500 CIOs da empresa de serviços profissionais Genpact e do MIT Sloan CIO Symposium.

Os resultados mostram que os CIOs já foram motores de entrega de valor, e agora são cocriadores de novos modelos de negócios.

No que diz respeito à transformação digital, para mantê-la em curso eles precisam conseguir apoiar a empresa a se ajustar mais rápido e agilmente conforme as condições mudam. 

E já que atuam como líderes de transformação, os CIOs são os profissionais mais bem posicionados e preparados para realizar as adequações necessárias. Afinal, conhecem os recursos digitais de seus negócios e sabem como usá-los para fazer os ajustes incrementais.

Quais são os desafios desses profissionais?

Os principais desafios enfrentados pelos CIOs depois da transformação digital abordam três demandas fundamentais: investimento na segurança da informação corporativa, no gerenciamento da equipe e nas inovações capazes de melhorar a produtividade dos funcionários.

Explicamos melhor a seguir:

Segurança na informação corporativa

Dois problemas comuns no que tange à segurança da informação são o uso incorreto dos dispositivos pelos funcionários, bem como os relativos à gestão de dispositivos móveis. Por essa razão, a gestão de telecom acaba sendo uma questão urgente a ser considerada. 

O uso incorreto dos dispositivos pode acarretar na perda de produtividade e na redução da segurança da informação. Sobre este último, o comportamento do usuário faz uma grande diferença. 

Por exemplo, quando o colaborador acessa redes não seguras, aplicativos não confiáveis e/ou defasados, a empresa inteira corre riscos. Portanto, os CIOs entendem que fazer a gestão de telecom significa também proporcionar visibilidade de cada dispositivo na rede. 

Além disso, em termos de segurança da informação, precisam obter informações e monitorar o inventário de aplicativos. Da mesma maneira, é importante realizar monitoramento do sistema operacional e suas versões para evitar vulnerabilidades.

No conteúdo Mobilidade corporativa: a importância de aliar segurança e produtividade abordamos melhor o tema. 

Gerenciamento da equipe

É também papel do CIO garantir uma equipe mais produtiva, explorando as ferramentas da transformação digital. Para tanto, a TI exerce um papel fundamental em apoiar estratégias que visam uma empresa a pleno vapor.

O motivo é simples: para desenvolver suas atividades com eficiência os profissionais precisam ter ferramentas adequadas e utilizar bons softwares de gestão

Nesse sentido, é importante que os CIOs forneçam não apenas as melhores ferramentas, mas também uma infraestrutura adequada. Assim, com as melhores tendências tecnológicas em uso, os colaboradores poderão desenvolver as suas atividades com a máxima eficiência e eficácia.  

E já que estamos falando de gerenciamento de equipe produtiva, não podemos deixar de abordar a automação. Um exemplo é com relação ao inventário das linhas telefônicas da empresa.

Já imaginou ter um colaborador para realizar o controle de faturas manualmente? Um software pode automatizar essa atividade, e esse é apenas um exemplo de um dos recursos facilitadores. Na prática, inúmeras outras atividades podem se tornar mais simples, práticas e rápidas com o auxílio da tecnologia, por meio de softwares e aplicativos que facilitam o dia a dia empresarial.

Inovação

De acordo com uma pesquisa do grupo Aberdeen, 78% das organizações norte-americanas possuem políticas de utilização dos equipamentos. No entanto, apenas 43% delas colocam em prática as regras, enquanto menos de 20% dos usuários conseguem compreendê-las de verdade.

Esses dados mostram o quanto as empresas pecam na inovação. Mas é claro que dá para fazer diferente. Uma das maneiras de modernizar os processos é tornar a gestão de TI e telecom mais simples, reunindo soluções para os principais problemas da mobilidade corporativa.

Com o Navita Connect gestores passam a ter visibilidade sobre todas as linhas, aparelhos, equipamentos, licenças de software, controle de faturas, gastos departamentais, configurações de MDM (Mobile Device Management), tickets, contratos com operadoras, rateio de custos, e muitas outras informações.

 

Adicionar comentário