Segurança móvel: como proteger o celular corporativo

Você sabe como garantir a segurança de dispositivos móveis corporativos? Atualmente, o celular corporativo é, literalmente, ‘um mundo’, contendo dados de extrema importância da empresa. E eles precisam ser protegidos!

No entanto, muitos colaboradores acabam utilizando os aparelhos para uso pessoal. Inclusive, instalando aplicativos que geram preocupação e colocam as informações sensíveis da empresa em risco. 

Pensando nisso, reunimos neste artigo formas de garantir a segurança móvel da sua instituição, como também a indicação de ferramentas que tornam a proteção mais robusta. Acompanhe.

Formas de garantir a segurança móvel

Assim como contar com ferramentas de proteção, instruir o funcionário sobre as boas práticas de utilização do celular corporativo é essencial para garantir a segurança móvel. 

Isso porque é preciso que os colaboradores entendam os riscos e as consequências que estão envolvidos em caso de mau uso. 

Inclusive, um ponto que deve ser reforçado refere-se às medidas que podem até parecer básicas, como não abrir e-mails suspeitos, e não baixar aplicativos para uso pessoal ou não verificados.

Dessa forma, a empresa cria uma cultura de responsabilidade e cuidado, ideal para a segurança dos dispositivos móveis. E além dessas orientações, existem outras, de mesma importância, que também devem ser abordadas. 

Confira a seguir:

Uso de conexões confiáveis

Os colaboradores precisam ter a consciência de que nem todas as redes são confiáveis, principalmente as públicas. A utilização dessas conexões pode facilitar o acesso de criminosos às informações contidas no celular corporativo, gerando risco para a segurança móvel da empresa.

Cuidado ao conectar-se a outros computadores

Como o celular corporativo contém arquivos e informações importantes da empresa, conectá-los ao computador é uma prática normal.

No entanto, é muito importante que tanto o aparelho quanto o computador estejam devidamente protegidos, pois softwares maliciosos podem ser transferidos de um para o outro e comprometer o funcionamento dos dispositivos.

Atualização do aparelho

Um dos fatores essenciais para a segurança de dispositivos móveis de uma empresa é a atualização dos mesmos. Isso porque, um sistema ultrapassado não afeta apenas no seu desempenho, mas também na sua proteção.

Celulares corporativos defasados tornam-se mais vulneráveis a vírus e infecções. Por isso, oriente-os a manter as atualizações em dia.

Senhas

Apesar de ser uma questão simples, as senhas fracas continuam a ser um problema quando o assunto é a segurança móvel corporativa.

Colaboradores geralmente acabam usando informações pessoais que podem ser facilmente decifradas por cibercriminosos, colocando assim, a propriedade intelectual da empresa em risco. 

Por isso, estimule a criação de senhas fortes e a troca delas com certa frequência. Além disso, adote a política de autenticação em dois passos para o uso do celular corporativo. Essas ações reforçam a proteção e dificultam a ação dos criminosos.

Mas, apenas essas medidas não são o suficiente para garantir a segurança da mobilidade corporativa. É preciso também contar com ferramentas.

Ferramentas para garantir a segurança de dispositivos móveis corporativos

Saber como configurar um celular corporativo é essencial para garantir a segurança móvel da empresa. Pensando nisso, separamos algumas tecnologias que todo negócio deve ter: 

Antivírus

Apesar de seu uso não ser tão popular em celulares, o antivírus precisa ser instalado em todos os dispositivos móveis da empresa. 

Isso porque a ferramenta é indispensável na proteção dos aparelhos, pois identifica ameaças, sinaliza quando o site ou aplicativo é suspeito e alerta o usuário sobre o uso indevido do celular.

VPN

A VPN (Virtual Private Network) é uma das principais ferramentas quando o assunto é a segurança de dispositivos móveis corporativos. Essa tecnologia oferece um acesso seguro aos recursos da rede a todos os aparelhos que não estejam conectados fisicamente, ou seja, a distância.

Essa conexão é autorizada por meio de uma autenticação que busca confirmar a identidade do dispositivo ou do usuário. 

É uma das ferramentas que mais contribuem para a manutenção da segurança móvel porque a conexão é criptografada. Isso quer dizer que um usuário mal-intencionado é impedido de interceptar a rede, visualizar ou comprometer o sistema reproduzindo a conexão.

Existem alguns tipos de VPN. As principais são:

  • VPN padrão: O monitoramento do uso do dispositivo é feito pelo servidor corporativo que recebe todo o tráfego de rede. No entanto, além de reduzir o desempenho do aparelho, a conexão deve ser feita manualmente todas as vezes em que for acessar os recursos da empresa;
  • VPN sob demanda: a conexão é estabelecida automaticamente quando o usuário acessa a rede corporativa, o que reduz a carga no servidor e melhora o desempenho do sistema móvel;
  • VPN por aplicativo: similar à VPN sob demanda, mas seu foco maior está nos aparelhos móveis que podem ser configurados para utilizar a conexão;
  • VPN sempre ativa: utilizada por setores que necessitam de um nível alto de segurança móvel. Todo o tráfego de rede é roteado pelo servidor corporativo e a conexão é estabelecida assim que o dispositivo é iniciado.

Rastreio de celular

Contar com ferramentas que forneçam rastreabilidade de celular é interessante não apenas para empresas, mas para todos que possuam um aparelho.

Esse recurso é essencial para evitar o vazamento de dados e também para localizar o dispositivo em caso de perda, roubo ou furto. 

Bloqueio de aplicativos

O celular corporativo da empresa deve ser utilizado apenas para uso profissional. Portanto, se o colaborador não utiliza o Facebook para desenvolver alguma atividade, não há necessidade de instalá-lo no aparelho. 

Assim como outros aplicativos de entretenimento ou não reconhecidos. Até porque além de afetar negativamente na produtividade, as lojas de app não conseguem barrar todos os que possuem más intenções.

Portanto, são um grande risco para a segurança móvel da empresa. Uma solução é utilizar ferramentas que bloqueiam aplicativos. Assim fica mais fácil controlar o que pode ou não ser baixado.

MDM

Como foi possível perceber, saber como configurar o celular corporativo adequadamente não é uma tarefa fácil. Além disso, é preciso contar com um número considerável de tecnologias, o que pode pesar no orçamento da empresa e dificultar o gerenciamento.

No entanto, existe uma tecnologia que une quase todas as funcionalidades e os benefícios citados no tópico acima: o MDM.

Abreviação para o termo em inglês Mobile Device Management, o MDM é muito eficaz quando o assunto é a segurança de dispositivos móveis de uma empresa. 

Seu principal objetivo é gerenciar, proteger e monitorar os celulares corporativos o tempo todo e em qualquer situação. Inclusive em caso de perda e roubo, permitindo que os dados contidos no aparelho sejam excluídos remotamente. 

Além disso, o gerenciamento que ele fornece permite a criação de uma hierarquia dos celulares, limitando o acesso do funcionário a certas informações dependendo do cargo que ele ocupa na empresa. 

Dessa forma, a segurança móvel é reforçada e reduz os riscos de invasão, contaminação da rede e de vazamento de dados, já que há um maior controle. Portanto, a empresa ainda se adequa melhor em relação à LGPD e se livra de possíveis penalidades que o mau uso do dispositivo poderia ocasionar.

Outros benefícios proporcionados pelo uso do MDM são:

  • É possível controlar e configurar o celular corporativo remotamente;
  • Os colaboradores se tornam mais produtivos com o bloqueio de aplicativos e a segurança móvel se torna contínua;
  • Redução de custos, pois você encontra muitas funcionalidades em uma única solução;
  • A autenticação de usuário dificulta a ação de cibercriminosos;
  • Simplifica as demandas de TI já que é possível gerenciar a segurança de dispositivos móveis em um único lugar.

Ou seja, o MDM é a ferramenta ideal para que sua empresa forneça proteção aos celulares corporativos sem muitas complicações. 

Quer saber porque é importante restringir aplicativos em celulares corporativos? Então leia o artigo A importância da gestão de aplicativos em celular corporativo

 

Adicionar comentário