A verdade por trás de um MDM: o que realmente ele precisa conter?

A possibilidade de estar em constante contato com qualquer tipo de informação e de se comunicar com qualquer pessoa é o maior dos benefícios dos dispositivos mobile. 

As empresas sabem o quanto o acesso à informação é importante, e é por isso que os smartphones e tablets se fazem presentes na rotina de qualquer profissional. 

Gerenciar todos os dispositivos de uma companhia pode ser um grande desafio. É por isso que comumente são utilizadas plataformas de apoio para gestão da mobilidade corporativa, como o MDM. 

Neste post, você irá se aprofundar no assunto, conhecendo mais sobre essas plataformas e cada uma de suas características! 

O que é MDM?

A sigla MDM, vem do inglês: Mobile Device Management, que em sua tradução literal significa: Gestão de Dispositivos Mobile. Na prática, a ferramenta pode gerenciar todas as informações transmitidas para os smartphones, tablets e laptops. 

Mas o que significa MDM na prática? O objetivo dessa plataforma virtual é padronizar os mecanismos disponíveis nos aparelhos, concedendo possibilidades de utilização conforme a necessidade da empresa. 

Vale destacar que, além da habilitação daquilo que pode ou não ser acessado, o MDM também pode proteger, gerenciar e monitorar cada recurso da mobilidade corporativa, garantindo assim, uma utilização segura, livre de ameaças virtuais. 

Para ter clareza sobre o que significa MDM, é importante não confundir esse tipo de solução com uma plataforma com o acesso remoto a um aparelho, o que é comumente usada  nas empresas. O MDM possui interfaces gráficas que permitem muito mais do que um acesso remoto.  

Mas não se preocupe. Você vai conhecer as características da mobilidade corporativa que estão trazendo mais produtividade e praticidade a um número cada vez maior de empresas. 

Implantando um software MDM

Adotar uma solução MDM permitirá que você: 

  • Faça instalações em massa: se uma empresa possui dezenas de dispositivos, ou quem sabe uma centena deles, então, a possibilidade de instalar aplicativos em massa torna a prática muito mais ágil;
  • Acesse de qualquer lugar: se um colaborador está distante da empresa e precisa de um suporte muito específico, um especialista técnico poderá acessar remotamente e realizar a manutenção; 
  • Encontre os dispositivos: Dispositivo perdido? Sem problemas! O MDM pode te ajudar a encontrar os móveis, já que estão conectados e acessíveis mediante a localização por GPS.

Agora, você já sabe o que significa MDM e conhece os motivos que justificam a aquisição de um MDM, Para completar apresentamos, abaixo, as 9 características que farão desse serviço um dos seus principais aliados. Entenda como a gestão da mobilidade corporativa irá transformar a rotina de sua empresa. 

As 9 características mais importantes de um MDM

Você irá conhecer agora quais são as nove características mais importantes do MDM e que demonstram o seu potencial disruptivo e transformador. Confira! 

1 – Gerenciando os Aplicativos

O Navita EMM permite a criação de uma loja de aplicativos privada para a distribuição de aplicativos públicos e internos para os dispositivos móveis. Ele é integrado com o Google Play e Apple Store, possibilitando assim o uso correto das ferramentas de trabalho, com versões sempre seguras e atualizadas.

Os aplicativos enviados podem ser instalados silenciosamente, isto é, sem a interação do usuário, e marcados como obrigatórios, impedindo sua desinstalação.

Todo o processo de distribuição passa a ser automático e, através do portal de gestão, pode-se instalar, atualizar ou desinstalar um aplicativo. Essa funcionalidade melhoram a gestão dos aplicativos usados para trabalho.

A gestão da mobilidade corporativa  é uma das maiores demandas para os times de TI, pois, imagine você, responsável pela configuração de todos os gadgets da empresa. Quantas variações diferentes poderiam existir? 

Cada departamento possui uma necessidade diferente, isto é, um padrão de aplicações diferentes. Realizar essas configurações de forma manual e individual exige muito  tempo e energia do time de TI.

Por isso, é muito importante contar com uma solução que permita configurações em massa, para que o máximo de trabalho possível seja feito, no menor tempo possível.

2 – Rastreamento de dispositivos 

O Navita EMM permite consultar a localização dos smartphones e tablets usados para o trabalho, facilitando o monitoramento dos equipamentos.

É possível acessar a última localização registrada, bem como as 3 últimas, 5 últimas e até mesmo um período personalizado.

Estas informações podem ser usadas para recuperar um dispositivo perdido, roubado ou extraviado, bem como entender se os deslocamentos registrados fazem sentido para a atividade exercida pelo colaborador.

É praticamente impossível que um computador desktop seja perdido, porém, não é possível dizer o mesmo dos smartphones. Esses podem ser esquecidos acidentalmente em qualquer lugar. 

Não basta apenas o cuidado do colaborador no uso, é preciso ter a tecnologia atuando ao seu lado. Então, contar com a possibilidade de rastrear o dispositivo em qualquer local, com uma alta precisão, é uma funcionalidade mais do que necessária. 

3 – Implantando Configurações e Políticas

A fim de melhorar a gestão e suporte, com o Navita EMM é possível automatizar a configuração de dispositivos, permitindo o envio de políticas e ações de maneira remota. 

Além de reduzir o tempo gasto com suporte, a empresa passa a garantir que o dispositivo esteja de acordo com as regras de mobilidade corporativa.

Configurações como política de senha, WiFi e modo quiosque estão disponíveis para a melhor gestão e controle dos dispositivos móveis da empresa.

Toda organização possui um padrão diferente de política, e isso é muito normal, pois cada uma conta com uma realidade distintas. Adequar essas políticas aos dispositivos móveis é importante, mas não pode ser algo trabalhoso demais. 

Por ser uma configuração padronizada, é preciso que exista um padrão salvo e que possa ser replicável.  Cada dispositivo novo precisa passar pelo processo de adequação às políticas, para que possa operar. 

4 – Cuidando da segurança dos dados

Com o Navita EMM,  todos os equipamentos recebem configurações de acordo com as políticas corporativas de segurança da informação, atendendo aos requisitos da LGPD (Lei Geral de Proteção dos Dados).

Dentre as configurações e controles possíveis, pode-se segmentar aplicativos em containers; gerir as configurações de aplicativos e até mesmo controlar o navegador a ponto de garantir uma navegação segura na internet, integrando-o com o proxy da empresa ou declarando endereços (URLs) que poderão ou não ser visitadas.

Com o número crescente de ciberataques, é imprescindível que os dispositivos possuam um elevado nível de segurança. Isso permitirá que eles possuam mecanismos de defesa contra as tentativas maliciosas de acesso. 

Nada pode ser mais importante do que os dados dos seus clientes. Eles devem ser tratados com prioridade máxima. Por isso, todo investimento em um sistema de proteção de dados é estratégico e perfeitamente justificável. 

5 – Controle por Horário

Uma das funcionalidades mais procuradas por empresas que adotam a gestão de dispositivos móveis é o Time Fence ou Controle de Uso por Horário. Essa funcionalidade permite liberar e remover aplicativos diariamente, evitando assim riscos com processos trabalhistas.

Na prática, uma empresa que configure o horário de disponibilidade dos seus aplicativos corporativos entre 9h e 18 horas de segunda a sexta-feira, terá automaticamente os aplicativos disponíveis apenas no período da jornada de trabalho. 

Por exemplo, sexta-feira às 18 horas, os aplicativos corporativos serão removidos e disponibilizados novamente ao colaborador às 9 horas de segunda-feira.

Cada empresa poderá configurar seus horários de trabalho em smartphones e tablets da maneira que melhor lhe convier. É simples e fácil e reduz drasticamente o risco com horas extras ou processos trabalhistas.

Essa é uma maneira de garantir que os colaboradores irão atuar exclusivamente no horário de expediente, já que os equipamentos poderão ser ativados no momento certo e terão o funcionamento interrompido durante a pausa de descanso.

6 – Relatórios completos

O Navita EMM disponibiliza a extração de um relatório gerencial que fornece informações como inventário de dispositivos – incluindo IMEI (International Mobile Equipment Identity), número de série, sistema operacional, marca e modelo de aparelho – inventário de aplicativos gerenciados – com versão, origem (público ou interno) e estado do aplicativo (instalado ou pendente de instalação) e informações de usuários.

Este relatório permite a melhor compreensão de como os dispositivos são usados e ajuda a empresa a ter maior controle do uso dos dispositivos móveis, transformando assim a gestão da mobilidade corporativa em sua aliada.

Como não poderia ser diferente, essa é uma funcionalidade muito importante, pois garante que a empresa tenha pleno controle sobre seu patrimônio, levantando informações relevantes para o controle do inventário.

Essa funcionalidade vem para facilitar a rotina dos especialistas, otimizando os trabalhos e operando também, como um dashboard para o time de TI, que poderá ter uma visão ampla do panorama momentâneo. 

7 – Utilização via Web

O console de gestão do Navita EMM é uma ambiente web, acessado através de uma URL de qualquer navegador e faz parte do Navita Connect. Sendo responsivo e multiplataforma, permite a gestão a partir de qualquer computador, smartphone ou tablet. Aumentar a produtividade do seu time é muito mais fácil.

Não basta ser prático, é preciso ser simples e, nada melhor do que um software responsivo e multiplataforma para se operar. 

Atuar de qualquer lugar e de qualquer plataforma deve ser uma possibilidade de qualquer MDM, assim como é para com o Navita EMM. Essas duas características são muito importantes, e por isso são destacadas a seguir. 

8 . Responsividade

A responsividade está ligada à acessibilidade. Trata-se diretamente da praticidade de uso de todas as suas versões, seja ela em um navegador desktop ou, então, no próprio mobile. 

Os aplicativos devem se adequar a qualquer equipamento que permita realizar os acessos aos seus dados. Por adequação, entenda o visualização das informações em seu layout e na praticidade de navegação. 

9 . Ser multiplataforma

Por último e não menos importante, o software MDM precisa operar em qualquer plataforma, seja desktop, seja mobile. Assim como na questão visual, mencionada na responsividade, outros quesitos podem ser considerados aqui. 

A velocidade de processamento dos dados do dispositivo é um ponto essencial para aprimorar a experiência do usuário. 

O time responsável pelas manutenções deve encontrar a mesma praticidade e velocidade de atuação, em qualquer plataforma de acesso. Isso é levado muito a sério pela Navita, que possui uma aplicação leve e muito ágil em sua utilização.

Transformação digital na prática

Adequar-se aos adventos da transformação digital está longe de ser um custo, mas é, sim, um verdadeiro investimento com alto potencial de retorno. As tecnologias disruptivas abrem portas, que trazem novas possibilidades de crescimento e que antes não eram possíveis. 

Se você entendeu o que é  MDM, então, já tem em mente como ela pode ser transformadora para a sua empresa. É por isso que a Navita tem um convite especial para você!

Acesse a página do Navita EMM e descubra como transformar a mobilidade corporativa de seu negócio ainda hoje.

Adicionar comentário